Peeling de Diamante

Reduza acne, oleosidade e manchas na pele
Quer ter uma pele viçosa e cheia de vida assim como os artistas de TV? Pois este é o método usado por muitos famosos para uma pele bonita e rosto perfeito. O Peeling de Diamante proporciona isso sem aplicação de ácido. Trata-se de um tratamento de renovação celular que devolve a elasticidade, clareia as manchas, diminui a oleosidade e a acne.

Indicações e benefícios do peeling de diamante

• Rejuvenescimento facial;
• Pele oleosa;
• Pequenas rugas;
• Acne facial;
• Cicatriz de acne;
• Manchas na pele;
• Sardas;
• Poros dilatados;
• Melasma;
• Milium;
• Comedões;
• Pele seborréicas;
• Estrias;
• Queloides.

O que é o peeling de diamante?
É um tratamento de renovação celular que devolve a elasticidade, clareia as manchas, diminui a oleosidade e a acne e ainda é e menos agressivo que alguns peelings químicos. O método consiste em uma microdermoabrasão superficial, onde é usada uma ponteira de diamante que desliza sobre a pele promovendo uma esfoliação. O principal objetivo deste peeling é refazer a superfície da pele, reduzindo as rugas finas e diminuindo os poros que estão dilatados.

Porque fazer peeling de diamante?
Pessoas que apresentam rugas finas e pequenas cicatrizes são fortemente beneficiadas por esse tratamento. Caso você tenha manchas na pele, melanoses, esse tratamento pode trazer excelentes resultados para sua pele, pois ele promove a esfoliação da epiderme fazendo com que as manchas sejam eliminadas.

Como é feito o peeling de diamante?
Uma microdermoabrasão superficial ou peeling de diamante é feita usando uma ponteira de diamante que desliza sobre a pele, promovendo a esfoliação. A ponteira é conectada a um aparelho de vácuo que puxa a pele e a comprime contra o diamante, tornando a esfoliação ainda mais efetiva.

Quem pode fazer o peeling de diamante:
O peeling de diamante é indicado para pessoas maiores de 14 anos, desde as gestantes até homens, que correspondem a um público que a cada dia está mais interessado em cuidar da aparência.

Periodicidade do peeling de diamante:
Geralmente, o número de seções é entre 3 a 5 aplicações com periodicidade de 15 dias entre cada sessão. A quantidade de sessões vai depender do objetivo do paciente, ou seja, se o desejo for apenas renovar a pele, então três sessões são suficiente. Agora, quem deseja aliviar as cicatrizes de acne, estrias e poros abertos, deve fazer no mínimo cinco sessões e cada sessão tem uma duração média de meia hora.

Cuidados após o peeling de diamante:
Os cuidados com pós-peeling são extremamente importantes para o sucesso do tratamento. Não usar produtos que não sejam recomendados pela profissional. Tomar cuidado ao consumir frutas ou produtos ácidos, pois podem provocar uma oxidação na lateral dos lábios, evitem: abacaxi, pasta dental, limão, água oxigenada, mexerica, etc… Usar o filtro solar a cada 2 horas, mesmo em dias nublados ou chuvosos, fator de proteção no mínimo 40 ou mais. Não forçar a descamação puxando as casquinhas ou esfregar a pele para acelerar a recuperação da pele, assim pode retardar a cicatrização ou acabar ocasionando manchas e até cicatrizes. Evite contato com barba, pois pode provocar também irritações.

Contraindicações do peeling de diamante:
Algumas situações são contraindicadas para a aplicação do peeling de diamante: é o caso de inflamações graves da pele, herpes ou até mesmo acnes em graus muito severos. Fora isso, pode ser feito por pessoas com todos os tipos de pele, desde as loiras até as morenas, e os efeitos são progressivos, ou seja, a pele vai melhorando à cada aplicação feita.

Peeling de Diamante